Fáceis de operar, os sistemas de alarme funcionam tendo por base três áreas de proteção: perímetro, interior e emergências.

Posicionados estrategicamente, diversos tipos de sensores e botões para emergências, fazem a cobertura do local, criando praticamente uma barreira eletrônica intransponível.

Através de um teclado posicionado estratégicamente, o usuário tem total controle do sistema, podendo armar, desarmar, verificar ou excluir zonas abertas ou em alarme, designar códigos para outros usuários, digitar códigos especiais em caso de coação e enviar sinais de pânico ou emergências diversas etc.

Desde um kit básico monitorado até uma sofisticada central de alarme inteligente, a KNK oferece uma proposta adequada a sua necessidade.